segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Análise de Episódio - Kakegurui - Episódio 5

Análise de Episódio
Kakegurui - Episódio 5
*Atenção este texto contém spoilers
E finalmente chegamos ao episódio 5 de Kakegurui. E apesar de ter sido um episódio bem interessante, infelizmente não foi nada além do que a continuação do jogo do episódio anterior.
Claro que em um jogo de Kakegurui não poderia faltar a velha e boa trapaça. O Kiwatari estava manipulando a Tsubomi para ganhar o jogo. O legal mesmo foi a Yumeko ensinando a Tsubomi a trapacear.

E como já era de se esperar, Yumeko decidiu continuar com o jogo mesmo com a farsa do Kiwatari.
Ver o Kiwatari maltratando a Tsubomi no jogo durante o jogo foi bem tenso também. A Yumeko que apesar de ser viciada mostrou que tem realmente um bom coração ao ver tudo e fazer com que a Tsubomi tomasse alguma atitude.

Essa parte apesar de tensa, por conter essas cenas de crueldade contra a Tsubomi, foi a mais legal do episódio. Ver a história por trás dessa personagem que aparentemente só estava ali só pra "figurar" mesmo, foi bem interessante. Nós já sabíamos que tipo de pessoa o Kiwatari era, mas ver ele cortando o cabelo da personagem por pura maldade foi de dar pena. A agressão sofrida mexeu totalmente com a mentalidade da garota, que graça ás palavras de Yumeko resolveu se posicionar contra o maltrator.
No final do episódio tivemos não só a derrota do Kiwatari, mas também a reviravolta feita pelas meninas que foi a troca de placas entre Mary e Yumeko com o valor das dívidas.
E ver o Kiwatari levando choque também foi inesperado. A Tsubomi apesar de ter perdido, saiu contente por ter sido ajudada pela Yumeko e isso foi legal também em todos os sentidos.
No fim descobrimos que tudo sido um plano do conselho para colocar Kiwatari contra Yumeko. E pelo visto, Mary agora será mais amigável com Yumeko.
No geral, esse episódio foi bom. Mas não correspondeu a expectativa criada no anterior. A série já está chegando na sua metade e não sei se ela vai ficar mais empolgante daqui por diante. Espero que sim. Até breve com o episódio 6!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Plantão - Netflix e os Novos Animes do Catálogo

Plantão - Netflix e os Novos Animes do Catálogo
A Netflix essa semana anunciou vários animes novos que entrarão no seu catálogo e deixou os fãs de animação bem surpresos. E para ajudar resolvi fazer este plantão com uma lista dos animes que vem por aí.

Animes que estreiam em breve

Little Witch Academia - 2ª Temporada
Estreia: 15 de agosto
Gênero: Aventura, Comédia, Magia, Fantasia, Escolar.
Série Original
Número de episódios: 12
Exibição original no Japão: 09 de janeiro de 2017 a 26 de junho de 2017
Estúdio: Trigger 
Duração: 24 minutos por episódio.

Glitter Force Doki Doki
Estreia: 18 de agosto
Título original: Doki Doki! Precure.
Gênero: Ação, Fantasia, Magia, Shoujo.
Série original.
Número de episódios: 49
Exibição original no Japão: 03 de fevereiro de 2013 a 26 de janeiro de 2014.
Estúdio: Toei Animation.
Duração: 24 minutos por episódio.


Godzilla (Filme)
Estreia: 17 de novembro
Gênero: Ação, Ficção Científica, Aventura, Fantasia.
Estúdio: Polygon Pictures.








Fate/Apocrypha
Estreia: 02 de dezembro
Gênero: Ação, Histórico, Sobrenatural, Drama, Magia, Fantasia.
Baseado na novel de mesmo nome de Yuichiro Higashide (roteiro) e Ototsugo Konoe (arte).
Número de episódios: 25
Exibição original no Japão: 02 de julho de 2017 até atualmente (em exibição)
Estúdio: A-1 Pictures
Duração: 23 minutos por episódio

Em 2018
Devilman Crybaby
Estreia: Primavera de 2018.
Gênero: Ação, Sobrenatural, Horror.
Baseado no mangá de Go Nagai.
Número de episódios: 10
Estúdio: Science SARU
Duração: 25 minutos por episódio

 Kakegurui
 Estreia: 2018
Gênero: Jogo, Mistério, Psicológico, Drama, Escolar, Shonen.
 Baseado no mangá de Homura Kawamoto (Roteiro) e Tooru Naomura (Arte).
Número de episódios: 12
Exibição original no Japão: 01 de julho de 2017 até atualmente (em exibição).
Estúdio: Mappa.
Duração: 24 minutos por episódio.

Children of the Whales
 Estreia: 2018
 Título japonês: Kujira no Kora wa Sajou ni Utau.
 Gênero: Ficção Científica, Mistério, Drama, Fantasia, Shoujo.
Baseado no mangá de Abi Umeda.
Estúdio: J.C. Staff.

Lost Song
 Estreia: 2018
Anime original.
Estúdio: Liden Films.
 

Sword Gai - The Animation
Estreia: Primavera de 2018.
Gênero: Seinen.
 Baseado no mangá de mesmo nome de Toshiki Inoue (Roteiro) e Wosamu Kine (Arte).
Estúdio: DLE.

A.I.C.O -Incarnation-
Estreia: Primavera de 2018.
Anime original.
Estúdio: Bones.


B: The Beginning
Estreia: Primavera de 2018.
Gênero: Ficção Científica.
Série original.
Número de episódios: 12
Estúdio: Production I.G.

Data não revelada
Knights of the Zodiac - Saint Seiya
Gênero: Shonen.
Baseado no mangá "Os Cavaleiros do Zodíaco" de Masami Kurumada.
Número de episódios: 12
Estúdio: Toei Animation.

Cannon Busters

Série original.
Número de episódios: 12
Estúdio: Satelight.

Rilakkuma

Baseado na franquia "Rilakkuma".
Número de episódios: 10

Grappler Baki

 

Gênero: Ação, Artes Marciais, Shonen, Esporte.
Baseado no mangá de mesmo nome de Keisuki Itagaki.
Número de episódios: 26
Estúdio: TMS Entertainment.

Fontes: Você Sabia Anime , Animexis , Jovem Nerd , My Anime List , Anime News Network , You Tube.

sábado, 29 de julho de 2017

Análise de Episódio - Kakegurui - Episódio 4

Análise de Episódio
Kakegurui - Episódio 4
*Atenção este texto pode conter spoilers
O episódio começou de forma bem fofa eu diria. Ver o Suzui dando dinheiro para a Yumeko foi realmente legal. E como também já era de se esperar Yumeko não aceitou o dinheiro do amigo.
Será que o conselho realmente desistiu de persegui-la?
Depois vemos Mary indo conversar com o conselho sobre a caderneta de plano de vida. Ter o seu destino escolhido pela própria academia parece ser algo horrível de certa forma, porém para o roteiro é realmente uma nova motivação para os personagens jogarem, não só por conta de suas habilidades ou vício em jogos, mas por seu futuro.
Essa cena em especial foi a mais chata do episódio e a pirralha da Runa Yomozuki é realmente insuportável. Apesar da aparência bonitinha, a personagem é uma vilãzinha de voz chata e bem cruel.
Vemos também que de acordo com a caderneta, o destino de Yumeko é basicamente o mesmo de Mary. E vemos que ser uma meki ou pochi significa ser um tipo de gado na escola, sem qualquer tipo de escolha.
Na Sequência temos o encontro com Kiwatari em uma sequência bem tensa. Vemos que não só status mas o aluno mal classificado pode sofrer inclusive agressões sexuais, ainda mais se for mulher.
A personagem recusando tirar a roupa foi fofo e mostrou que ela já havia percebido desde o começo que ele queria abusar sexualmente dela. Mas será que ela tinha um plano mesmo para escapar? Foi a cena mais tensa do episódio e o coitado do Suzui não iria poder ajudá-la.
A surpresa mesmo foi a chegada de Midari Ishikima que a defendeu e propôs um jogo de roleta russa contra Hiwatari. O mais legal foi ela propondo que ele atirasse nela, isso mostrou como tão louca era a personagem.
Claro que ele desistiu e foi embora, deixando Ishikima bem frustrada. Detalhe para Yumeko agradecendo e dizendo que a pagaria de alguma forma.
Mas como deu pra ver o vício por adrenalina de Ishikima não havia terminado. Isso rendeu uma excelente sequência no banheiro, na qual ela joga roleta russa sozinha e tem um momento de total prazer com isso.
E continuando temos o grande evento do episódio que foi dividido em duas partes. A primeira foi a "grande assembléia de ajuste da dívida". Na qual os jogadores teriam a chance de jogar em grupos de quatro para tentar vencer e ter as suas dívidas pagas.
Yumeko e Mary claro que acabaram no mesmo grupo, para o desgosto da loira. E depois dessa pequena apresentação do jogo e regras, tivemos a parte final do episódio, a partida do "Poker Indiano de Pares". O pior é ver que a escola não se incomoda com trapaça entre aluno e ainda apoia a prática.
Pra surpresa de Mary e Yumeko, Hiwatari estava no mesmo grupo que elas e resolveu jogar apenas por diversão. O jogo em sí não é muito divertido e o anime faz um edição bem ágil para que o tempo passe. O momento que Mary chegou a pensar no seu futuro como uma mulher de político, foi muito interessante.Eu confesso que eu achei que Hiwatari estava trapaceando. Mas a surpresa veio quando ele diz que Mary e Yumeko é que estavam e faz uma aposta arriscada. O episódio termina com Mary mostrando que ela se deu bem nessa jogada.
O episódio 4 de Kakegurui se mostrou muito bom em níveis de roteiro. Aconteceu bastante coisa e isso foi bem legal. Claro que animação e trilha sonora não foram e acredito que não serão, nos próximos episódios, algo realmente relevante para a série. O que foi apresentado, no geral, foi bom.
Foi o episódio com o roteiro mais voltado para o público adulto até o momento. E conseguiu me deixar ansioso pelo próximo episódio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...